Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Numa catequese nós falamos da história de Gedeão.

Gedeão, segundo o livro dos Juízes na Bíblia (capítulos 6 e 7), era um rapaz simples, muito simples, e Deus, ao responder às orações do seu Povo, escolheu-o para os salvar.

IMG_9712-001.JPG

Para espanto de todos foi este simples, muito simples rapaz, novo e fraco, que os realmente salvou recuperando a terra prometida.

 

- "Meu Senhor, como posso salvar Israel?"

- "Eu estarei contigo e tu derrotarás os mandianitas (os inimigos) como se fossem um só homem!"

 

Assim, porque ele confiou em Deus, foi para a batalha com 300 homens, e pelo poder de Deus ele ganhou. O seu nome ficou na história, não porque tinha grande talento enquanto comandante de tropas, mas porque ouviu Deus e fez tudo o que ele lhe mandou.

Assim, à meia-noite, ao render das sentinelas, os inimigos, "numerosos como gafanhotos", apanharam um grande susto: os trezentos Israelitas, ao sinal de Gedeão, tocaram ao mesmo tempo as suas trombetas (na mão direita), quebraram os seus cântaros no chão levantando as suas tochas (na mão esquerda).

 

A confusão instalou-se no acampamento, ouvindo-se berros e correrias. Fugiram.

Foi assim que, sem saírem dos seus lugares e sem terem morto sequer uma unica pessoa, os Israelitas e o pequeno e jovem Gedeão venceram uma batalha recuperando as suas terras.

Esta evangelização, do livro dos Mistérios da Fé Volume 2, começa na pagina 88, sob o titulo "O cântaro quebrado - de Gedeão ao Tabor, foi desenvolvida em duas sessões catequéticas.

Na primeira, e depois de contar a história, através da sua leitura na bíblia, e compreendermos, cada um tomou para si um cântaro. Deveriam torná-lo seu através de decoração.

IMG_9663-001.JPG

IMG_9684-001.JPG

No final levaram-no para casa.

Na catequese seguinte trouuxeram-no.

No início pedi que mo entregassem para eu coloca o mesmo em "exposição", no cima do muro. 

IMG_9831-001.JPG

Depois continuamos a nossa aprendizagem: a transfiguração de Jesus!

IMG_9834-002.JPG

Tal como o cântaro que ao quebrar-se mostrou o que continha o seu interior (uma luz intensa) tendo afugentado os inimigos, também Jesus convidou, numa noite, os seus amigos a espreitarem para dentro do seu cântaro. Passados uns dias ele iria se deixar "quebrar" para revelar aos homens a sua verdadeira essência.

Assim percebemos que há um segundo mundo paralelo: o mundo espiritual... onde todos nós ficaremos eternamente (o invisível). Opções disponíveis nessa outra realidade: inferno, purgatório e paraíso! 

Onde ficarei? Justiça divina: consequências dos meus atos no mundo físico.

Mas isto tudo só é possível porque Jesus abriu uma porta, um caminho! Oferecendo a sua vida permitiu que eu, depois da morte, chegasse a esta segunda realidade, para.... recolher os frutos das minhas ações: o meu tesouro!

IMG_9839-001.JPG

Partimos o nosso cântaro e... este revelou a nossa luz (tal como Gedeão e os seus 300 homens que sem espadas venceram 24 mil homens), o nosso caminho, a nossa verdade!

IMG_9850-001.JPG

IMG_9857-001.JPG

E efetivamente (com surpresa) estes pré-adolescentes quebraram o cântaro que com cuidado tinham decorado e guardado durante uma semana. Ao fazerem-no descobriram um lenço de papel que guardava um coração com uma cruz. (Sorrateiramente eu tinha escondido em cada cântaro à medida que os tinha colocado no muro em "exposição".)

IMG_9823-001.JPG

Tendo eu também participado nesta atividade, guardei o meu coração com a minúscula cruz no bolso das minhas calças de jeans. Esqueci.

Passados uns 2 meses vejo um coração vermelho com uma cruz no balcão de atendimento de um dos edifícios do meu trabalho. Fico muito espantada porque aquilo era familiar... mas no meu trabalho?????

Eu não estava a perceber como é que aquilo tinha aparecido ali! E fez-se luz: o meu! Eu tinha ficado com um num bolso das minhas calças. Ok! 

IMG_9647-001 (3).JPG

Perguntei à pessoa responsável como é que aquilo tinha chegado ali. Respondeu-me que alguém tinha encontrado no corredor (onde passam muitas pessoas).

Ok.

Voltei a guardar, e a esquecer!

Passados mais uns meses encontro o mesmo coração e a mesma cruz em cima da minha secretaria em casa. Eu fico a olhar outra vez!

- Eu não acredito! - Exclamei em viva voz! Como é que um coração de 3 cms, com uma cruz de 2 cms cosida ao papel estava ali e não se tinha perdido?!?!

DSC_0404-001 (1).JPG

Senti-me envergonhada e muito surpresa: durante pelo menos 6 meses aquela cruz do cântaro perseguiu-me! 

E esta hem?!

Só me resta dizer: agora estão muito bem guardados comigo.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo