Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Porquê sofrer?

06.08.16

No ultimo post, a determinada altura, escrevi o seguinte:

"O que pode ajudar? A cruz. Faz parte deste processo a renúncia e o combate espiritual."

Ou seja, no meu caminho para a santidade, a cruz ajuda.

Cruz quer dizer sofrimento. 

 

Eu já conheci, na minha vida, várias dores mas nada comparado com o perder um filho, ver o meu marido a ser assassinado, perder o trabalho, sair do meu país sem nada, ver a minha casa a arder, ser violada, ser mal tratada com agressões físicas, ver um filho a ser espancado ou a ser afogado, ter uma doença grave, ter um familiar incapacitado, etc...

Tento não pensar muito em algumas destas coisas porque... fico sem folgo só de imaginar. Há muitas pessoas que infelizmente o vivem, e têm a minha profunda admiração.

Retomando, no meu trabalho eu tenho a oportunidade de conhecer pessoas.

Assim, telefonei a um Sr. por causa de um assunto desagradável: uma dívida. Este Sr. sempre mostrou ser um excelente comercial sem conteúdo e valores. Tinha prometido pagar a dívida através de uma outra negociata "meia maluca". Esta dívida passa por uma terceira pessoa que avançou com o seu nome, sem ter responsabilidade alguma.

Durante, mais ou menos, 3 anos eu sempre o conheci assim (seja presencialmente seja por telefone). Portanto, mais uma vez, eu estava à espera do que ele já me habitou: a mesma conversa de sempre cheia de promessas e de negociatas.

 

Encontrei uma grande surpresa. Contou-me pormenores da sua situação financeira e o que aconteceu na sua vida no ultimo ano: muito sofrimento à volta do nascimento do seu primeiro filho. Parecia outro homem, um homem maduro, adulto, a assumir as suas responsabilidades e a pedir desculpas. 

Dividi esta situação com a terceira pessoa. Esta confirmou que soube de uns pormenores vagos sobre a situação (na zona onde vivem), e que batem certo com o que ele me transmitiu. Ficou, tal como eu, sensibilizado, e concordamos em ter um pouco mais de paciência relativo à cobrança da dívida.

Nem queria acreditar: a transformação deste homem! Pareceu-me que estava a ver um filme a desenrolar-se à minha frente.

O sofrimento provoca mudanças, mas nem sempre são positivas. Está nas nossas mãos escolher um dos dois caminhos.

 

Precisei de uns minutos para me recompor. Foi um momento extraordinário para mim.

 

Aproveito para pedir, Cara(o) Amiga(o) uma oração por esta família,

 em especial por este bebe que, mal nasceu,

já tem que lutar pela sua vida.

 

Finalmente percebi a expressão "abraçar a sua cruz"! O sofrimento faz parte da vida, e é muito importante pois tem um papel e um objetivo. Poderemos não perceber nada, mas devemos ACEITAR e lidar com a cruz da melhor maneira. 

 

Muitas vezes surge a questão: porque é que Deus deixa acontecer isto ou aquilo?

A resposta é um mistério para a humanidade, no entanto podemos ACEITAR.

 

IMG_3159.JPG

 

Para concluir, deixo um pequeno episódio do meu filho:

- Xavier, a mamã vai comprar um chapéu da escolinha.

- Mas eu tenho este boné, não quero outro.

- Sim eu sei, mas tens que levar para o passeio um chapéu igual aos outros meninos. - respondi eu.

- Não.

Foi ter com a Educadora e contou-lhe o que estava a acontecer. Ela confirmou a minha versão e mostrou o saco dos chapéus todos iguais dos outros meninos.

Depois de pensar algum tempo, disse que sim.

Eu tinha dois tamanhos para ele experimentar. Ele deixou que eu experimentasse um e depois o outro na sua cabeça.

Surpresa: nenhum deles serviu e não havia mais nenhum tamanho disponível.

- Afinal terás mesmo que levar o teu boné - afirmei eu, à frente da Educadora. Ela sorriu. 

 

Eu também sorri, pensei e disse:

- Só tenho que aceitar os acontecimentos, pois Deus providencia! 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo