Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O giro de ir de férias para terras desconhecidas é encontrarmos surpresas a todos os níveis: comida, rituais, canções, vestuário, linguagem, comportamento não verbal, atividades, etc...

Desta vez encontrei um jardim memorial. 

Um jardim que têm relva e flores, árvores como todos os outros, mas é também uma homenagem a muitas pessoas que já não fazem parte do nosso mundo.

 

IMG_5097.jpg

 

Uma comunidade decidiu construir este jardim, em memória dos seus membros falecidos.

Isto relembra-me especificamente duas das obras de misericórdia: enterrar os mortos e rezar a Deus pelos defuntos. 

Cada árvore relembra uma alma, um irmão que já partiu. Apesar do enterro, do caixão, da campa, do funeral, esta comunidade relembra os seus próximos de uma forma diferente e muito bonita.BLOG AS SURPRESAS DE DEUS-001.jpg

 

O jardim é mais ou menos oval sendo é circunscrito por um caminho de via sacra. 

No dia em que visitei observei diversas pessoas a caminhar ou a fazer jogging neste jardim, pelo caminho da via sacra.

Colagens.jpg

 

Fiquei maravilhada com este espaço: um verdadeiro jardim da comunidade.

A  morte corporal é um dos aspetos da herança do pecado original.

Este fim (para nós natural) da vida terrestre não estava nos planos de Deus. Nós fomos criados à Sua semelhança, e sendo divinos não estaríamos destinados a morrer. Porque a humanidade pecou, escolheu outras coisas que não a Lei de Deus, "ganhou" a morte corporal.

"A morte é o fim da peregrinação terrestre que Deus nos oferece para realizar a nossa vida terrestre segundo o projeto divino e para decidir o nosso destino último. Quando tivermos terminado o único curso de nossa vida terrestre, não voltaremos mais a outras vidas terrestres. Os homens devem morrer uma só vez (Hb 9,27). Não existe reencarnação depois da morte".*

Acho este memorial especialmente importante por dois motivos:

- Recorda-nos que temos um tempo limitado para realizar a nossa vida, a nossa missão. "Livra-nos Senhor, de uma morte súbita e imprevista" - antiga ladainha de todos os santos;

- Recorda-nos que temos que rezar pelos defuntos para que sejam perdoados dos seus pecados. "A nossa oração por eles pode não somente ajuda-los, mas também tornar eficaz a sua intercessão por nós".*

 

Aqui fica esta bela ideia...

 Colagens1.jpg

 

 

in "Catecismo da Igreja responde de A a Z" de Prof. Felipe Aquino,

Editora Cléofas e Edições Loyola

Localização do jardim: Rogersville, New Brunswick, Moncton, Canada

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo