Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Recentemente, num grupo de amigos, eu comentei (efusivamente) o quanto a catequese é frustrante na maior parte das vezes, por variadíssimas razões!

Mas, na minha opinião, acho que a maior frustração é mesmo o pouco peso / impacto / influência que 1 hora de catequese semanal têm na vida das nossas crianças e jovens! A família é o lugar privilegiado para esta e outras coisas, um santuário de felicidade e de amor!

Um amigo, e colega de evangelização, depois de ouvir-me exclamou: calma porque continua a valer a pena! 

Será?!

Para mim a conversa (sem esperança) ficou encerradíssima!

Quando fui para a cama abri o meu novo livro. Ofereceram-me recentemente  "O Evangelho de Maria - Palavras de devoção do papa sobre Nossa Senhora" do Papa Francisco, Editora Planeta. Uma leitura muito a propósito deste mês de Maio - um mês muito especial como todos sabemos.

Primeiro capítulo: "A Mãe da Misericórdia". Encontrei uma mensagem à minha espera: paciência.

Pois é, paciência!IMG_2466.JPG

Mas não era no sentido de eu ter paciência. Nada disso. O que eu li foi que é Deus que tem muita paciência com todos nós, com cada um de nós.

"Deus sabe esperar. (...) Ele vê, melhor do que nós a imoralidade e o mal, mas vê também os rebentos do bem e aguarda esperançoso que cresçam. Deus é paciente, sabe esperar. (...) o mal não têm a ultima palavra. E é graças a este paciente espera de Deus que o joio, ou seja, o coração mau com tantos pecados, no final pode tornar-se trigo."

Pois é Lena, perdeste uma oportunidade para "estares calada"! Porquê não confiar em Deus?! Ele lá sabe o que faz e porque o faz, e quem sou eu para estar cheia de frustrações??!!

Nós (catequistas) somos instrumentos dos desígnios do Senhor. 

"É Vontade de nosso Pai que todos os homens sejam salvos e cheguem ao conhecimento da verdade. Ele usa de paciência, porque não quer que ninguém se perca". (N.º 2822 Catecismo Universal da Igreja)

Assim, podemos ter a certeza que um dos aspetos da Misericórdia do Pai, é a sua infinita paciência para cada um de nós, para cada família, para cada pai, mãe, criança, jovem... para mim!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo