Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



"A humanidade não é má por natureza, nem uma fonte de mal"*. Foi criada à semelhança de Deus, cheia de bondade e perfeição.

100_9178 (1).JPG

No entanto, há um pequeno (grande) pormenor que a humanidade não soube gerir: escolher. A humanidade não teve a sapiência necessária para identificar e tomar o melhor caminho.

A capacidade de viver e de tomar decisões, oferecida por Deus, foi a nossa "perdição".

O caminho é aquele que leva diretamente a Deus. A felicidade total, a realização plena, só pode ser encontrada junto da sua essência. A obra só encontra o seu verdadeiro lugar junto do artista, do seu criador. Só em Deus é que a humanidade encontra o seu ninho para descansar.

"A humanidade não existe como uma criatura autónoma, mas para a comunhão com Deus".*

Pecado original - ato voluntário da humanidade para separação de Deus.

Todos os homens e mulheres, feitos de carne e de espírito, infelizmente, têm esse "handicap" natural. Eu, tal como os outros, herdei o pecado original. Nasci com "esta decadência física e moral, tal como a morte do corpo físico, a doença, a dor, o medo, a alienação e a solidão."*

IMG_9850 (2).JPG

Pecado original - "É o estado de privação da santidade e da justiça originais. É um pecado por nós contraído e não cometido; é uma condição de nascimento e não um ato pessoal. Por causa da unidade de origem de todos os homens, este pecado transmite-se a todos os seres de natureza humana, não por imitação mas por propagação (quase que diria uma "contaminação de ADN", se é que isto se pode dizer). Esta transmissão permanece um mistério que não podemos compreender plenamente."**

 

Normalmente os textos cristãs referem-se à humanidade como os descendentes de Adão, ou seja, todos os seres vivos de natureza humana. Hoje sabemos que a história de Adão e Eva não é nada mais que uma história. No entanto é uma história muito bela e importante pois metafóricamente ensina-nos que a nossa origem e essência é divina. Também nos relembra que temos "a vocação da liderança responsável sobre toda a criação - seres vivos e não vivos - devendo evitar a sua exploração".*

Apesar desta herança, os meus pais, ao pedirem o meu batismo à Igreja, purificaram-me do pecado original e de todos os pecados pessoais até à data. Portanto a herança, o pecado original, desaparece com o batismo.

 

Aproveito para dizer que houve alguém com natureza humana que não herdou o pecado original: Nossa Senhora. 

P1030197.JPG

A humanidade, sujeita à morte física e à dor, é a causa da divisão e exploração. Os humanos, criados por Deus, são independentes de Deus, porque este assim o quis. No entanto porque achamos que poderíamos ser superiores a Deus caímos em desgraça. Somos mesquinhos, corruptos, conflituosos, egoístas, ou seja, "fragmentados e incompletos."*

100_9179 (1).JPG

 

Nós não nos conseguimos entender, numa só linguagem, com os mesmos valores e objetivos.

Exemplo: a eleição presidencial para os Estados Unidas. Só existem dois candidatos, nada mais simples, certo? O país está dividido entre a Hillary Clipton e Donald Trump. Os americanos não se conseguem entender (e percebo perfeitamente)!

A humanidade é simultaneamente agressora e vítima de si própria. Não tem a capacidade de se salvar e de conseguir renovar a relação com Deus.  

Nunca irá encontrar o caminho para a comunhão com o seu criador.

Basta assistir a um noticiário televisivo para ter a certeza que nós, os humanos, não nos safamos.

 

Há solução?

O Pai ama os seus filhos (é o que nos vale).

Ele preparou uma ponte especial para a humanidade encontrar outra vez o caminho... para o seu regaço, para a santidade, para o reino divino. 

 

P1030474 (2).JPG

 

Amiga/o, continua no próximo post.

 

* in "Cristianismo - Guia ilustrado dos 2000 anos da fé cristã", de Ann Marie B. Bahr, Editora h.f.ullmann, de 2009;

** in "Viver em Cristo, Manual de Catequese e Oração", Paulus Editora, 2014. 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo